Prova objetiva tem desempenho mínimo de 63 dos 100 pontos possíveis; prova discursiva, 29 dos 50 pontos distribuídos. Inscrições terminam segunda-feira (5)

Foi publicado, no Diário Oficial (DOU) de hoje, 2 de outubro, o edital complementar do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2020, com as indicações dos desempenhos mínimos esperados (notas de corte) das provas objetiva e discursiva da primeira etapa do exame. Na prova objetiva, os participantes devem alcançar o mínimo de 63 pontos. Participantes com notas inferiores serão automaticamente reprovados e, nesse caso, as questões discursivas não serão corrigidas. Da mesma forma, é preciso alcançar pelo menos 29 pontos na prova discursiva para avançar para a segunda etapa do exame. Serão distribuídos 100 e 50 pontos em cada prova, respectivamente.

Os desempenhos mínimos esperados para as provas objetiva e discursiva da primeira etapa do Revalida 2020 foram anunciados no Edital Inep n.º 80, publicado no DOU nesta sexta-feira, 2 de outubro. O documento trouxe outros detalhes sobre o processo de correção do exame.

As provas da primeira etapa do Revalida serão aplicadas no dia 6 de dezembro. Pela manhã, o participante responde 100 questões da prova objetiva. Na parte da tarde, é necessário resolver 5 questões discursivas. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicará o gabarito definitivo da prova, no caso da prova objetiva; e o padrão de resposta definitivo e a análise de recursos da prova, no caso da prova discursiva, para fins de divulgação e recurso, nos prazos definidos pelo Edital Inep n.º 66/2020. Não há possibilidade de arredondamentos de nota.

Nota de corte – A nota de corte do Revalida é calculada pelo método Angoff modificado. Uma comissão independente, formada por professores de medicina e especialistas em avaliação educacional, analisa as questões para estimar a chance de acerto dos participantes, considerando por referência os conteúdos, habilidades e competências mínimas esperadas de um recém-graduado em medicina no Brasil. A média de acertos para cada item é computada e utilizada no cálculo de uma média geral de acertos, que se converte nos pontos de corte. Estes variam a cada edição, a depender do nível de dificuldade da prova.

Segunda etapa – Somente os aprovados na primeira etapa podem participar da segunda etapa. Uma novidade desta edição é que, se o médico formado no exterior reprovar na segunda etapa, poderá se reinscrever diretamente nesta fase, nas duas edições consecutivas do Revalida. Anteriormente, era necessário realizar todo o processo desde o início. Cronograma, diretrizes e procedimentos da segunda etapa serão publicados, posteriormente, em edital próprio.

Conhecimentos avaliados – A Matriz de Referência do Revalida determina o formato do exame: as duas etapas de avaliação avaliam cinco grandes áreas da medicina: ginecologia e obstetrícia, medicina clínica, cirurgia geral, pediatria e medicina de família e comunidade, abordadas de forma interdisciplinar. As referências do Revalida são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional. O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

Inscrições prorrogadas – Interessados em participar do Revalida 2020 têm até as 23h59 (horário de Brasília) da próxima segunda-feira, 5 de outubro, para finalizar a inscrição. O Inep prorrogou o prazo para garantir a participação de todos os interessados, que devem se inscrever exclusivamente pela internet, no endereço revalida.inep.gov.br.

Conferência de dados – Para garantir a inscrição no exame, é necessário cumprir todas as exigências estabelecidas no edital. O Inep orienta que os inscritos confiram os dados e os documentos anexados no sistema para garantir a confirmação da inscrição. Só pode se inscrever no Revalida quem for portador e apresentar, no ato da inscrição, diploma de graduação em medicina expedido por instituição de educação superior estrangeira reconhecida no país de origem pelo seu ministério da educação ou órgão equivalente, autenticado pela autoridade consular brasileira ou pelo processo da Convenção sobre a Eliminação da Exigência de Legalização de Documentos Públicos Estrangeiros, promulgado pelo Decreto n.º 8.660, de 29 de janeiro de 2016.

O diploma deverá ser digitalizado, frente e verso, como solicitado pelo sistema de inscrição, em formato PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2 MB. Qualquer outro documento não substitui o diploma solicitado. Não serão considerados válidos para inscrição declarações de conclusão de curso ou documentos congêneres.

Login único – Após a inscrição, o acesso à Página do Participante é feito exclusivamente com login único do Governo Federal. Inscritos no exame que ainda não têm o login comum a todos os serviços da União devem se cadastrar no portal do Governo Federal, no endereço eletrônico acesso.gov.br. O login único é a única forma de acesso à Página do Participante, ambiente em que é possível acompanhar a situação da inscrição e, futuramente, o local de prova e resultados. Qualquer correção ou inclusão de dados também só pode ser feita pela Página do Participante, até 5 de outubro.

Revalida – O exame é aplicado pelo Inep desde 2011 e tem o objetivo de verificar a aquisição de conhecimentos, habilidades e competências requeridos para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do SUS, em nível equivalente ao exigido dos médicos formados no país. A revalidação do diploma é responsabilidade das universidades públicas que aderirem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.

Confira o complemento do edital com definição das notas de corte

Acesse o edital do Revalida 2020

Inscreva-se ou confira sua situação no exame pela Página do Participante

Fonte | Assessoria INEP

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *