Um grupo de 14 turistas, de Minas Gerais e Goiás, foram resgatados em uma ação conjunta da Força Tática da Polícia Militar (PM), com a Polícia Federal e a Funai, na noite segunda-feira (28), na Aldeia Rawo, no Parque Indígena de São José do Xingú, em Mato Grosso. As vítimas pescavam em uma área da reserva quando foram feitas reféns por índios da etnia Ikpeg, no domingo (27).

A Funai de Canarana (823 km da Capital) tentou rebater a situação, dizendo que não foi sequestro já que os pescadores invadiram a área do Parque Indígena.

Diante da situação, a Força-Tarefa se deslocou até a aldeia e negociou cerca de duas horas com os índios que acabaram liberando os turistas.

Segundo a Funai, os indígenas ficaram com receio devido à pandemia da covid-19 e, por isso, chamaram atenção das autoridades.

As vítimas não tinham ferimentos.

Fonte | RMT

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *