Inep participa de encontro que coloca em pauta os objetivos pedagógicos de 2020 e o planejamento para o próximo ano em meio às transformações na educação

Debater os impactos da pandemia na comunidade escolar e como ficará a escola particular a partir de 2021. Os assuntos foram discutidos durante o 4º Congresso Nacional da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), que iniciou nesta sexta-feira, 25 de setembro, e segue até este sábado, 26, por videoconferência. Alexandre Lopes, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foi um dos convidados do primeiro painel, que discutiu a nova matriz do Enem.

A abertura do evento contou com a participação do ministro da Educação, Milton Ribeiro, que destacou a importância da escola privada no sistema educacional brasileiro. “Percebemos pelos números o impacto das escolas privadas no país, principalmente neste momento que estamos vivendo. Os questionamentos e dúvidas que temos estão presentes em outros países também. Por isso, são tão importantes os debates como este, para estudarmos as consequências e o que podemos fazer adiante”, afirmou o ministro.

Alexandre Lopes ressaltou a participação das escolas particulares nas novas avaliações do instituto, como o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). “O Saeb é aplicado a cada dois anos. A partir de 2021, vamos mudar essa temática e abranger toda a educação básica, desde o 2º ano do fundamental. A avaliação vai ocorrer todos os anos. Vamos avaliar também todas as escolas privadas”, ressaltou Lopes.

Fonte | Assessoria INEP

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *