Policiais da Companhia de Polícia Militar de Proteção Ambiental de Barra do Bugres prenderam um homem e aplicaram multa de R$ 900 mil por obra irregular potencialmente poluidora executada sem licença ambiental no trecho do Rio Corredeira, em uma grande propriedade rural do município Nova Olímpia(207 km de Cuiabá).

De acordo com o registro da equipe da PM, foi constatado um desvio no leito do rio, onde há a suspeita de que isso tenha sido a causa da mortandade de peixes na região. No local, a equipe da Cia Ambiental constatou uma obra de abertura de vala desviando o leito para abastecer um tanque de criação de peixes na fazenda.

A ação policial ocorreu na tarde desta segunda-feira (14), após uma série de denúncias anônimas sobre uma grande quantidade de peixes de diferentes espécies encontrados mortos em um trecho do rio que estava praticamente seco.

Além de identificar e notificar o proprietário da fazenda, determinando o embargo da obra e a reparação imediata do dano ambiental, os policiais conduziram o gerente para a Delegacia de Polícia de Barra do Bugres. A equipe também produziu um relatório técnico que foi anexado à documentação da ação policial.

Fonte | Folhamax

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 2 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *