O Rio Vermelho, responsável por metade do abastecimento de Rondonópolis, está com o nível de água abaixo do ideal durante esta época de seca. Nesta sexta-feira (11), o nível estava em 1,18 metros, menos da metade do índice ideal, que é de 3 metros.

Segundo a Defesa Civil do município, que faz a medição, esse é o índice mais baixo registrado em 2020.

O Rio vermelho, responsável pelo abastecimento da cidade, manda água para a estação de tratamento, que distribui para as casas.

Com a seca, o volume de areia que é captado com a água é maior que o normal. Este fator obriga as equipes do serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis a pararem a captação, de quatro a cinco vezes por dia, para realizarem a limpeza da bomba.

Esse tempo parado para a manutenção provoca a perda de 12% do abastecimento durante o dia.

De acordo com o Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear), uma obra está sendo em andamento, para resolver este problema.

Já a outra metade da cidade é abastecida por poços artesianos, que também estão com baixos índices.

No entanto, de acordo com a Sanear, não há risco de desabastecimento. A empresa recomenda, porém, o uso consciente da água em todas as épocas do ano, especialmente nos meses de agosto e setembro, período de estiagem.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *