Um comparativo obtido com os números e registros nos boletins epidemiológicos sobre coronavírus divulgados pela Prefeitura diariamente dão conta de uma sensível redução e melhoria da situação. O problema ainda é grave, mas, com as ações assertivas adotadas pela administração municipal, em pouco tempo, com a ajuda e colaboração da população, iremos sair dessa pandemia mais fortalecidos.

COMPARATIVO

Os números dos indicadores registrados nos últimos quinze dias (21/07 à 04/08) apontam redução significativa nos casos considerados suspeitos que há 15 dias eram 1.883 e caíram para 494.

Com as ações levadas a efeito pelo município, através do “Projeto Sentinela” onde cinco unidades de saúde estão atendendo exclusivamente aos pacientes sintomáticos ou com infecções virais/gripais, realizando triagens, exames e testagem rápida para o coronavírus, bem como, oferecendo a medicação necessária, conseguiu ampliar os casos considerados “negativados” de 4.618, aumentando para 5.739 o número de pessoas testadas e descartadas da contaminação.

Já os pacientes hospitalizados que no dia 21 de julho, eram 86, ou 2,5% da população, nesta primeira terça-feira (04) de agosto caíram para 83, ou seja 1,8%.

Essa redução também pode ser notada nos números de pessoas que se encontravam em isolamento domiciliar no último dia 21, que eram 622 pessoas, ou 18% e caíram sensivelmente para 349 ou 7,5% da população.

Um outro dado animador diz respeito aos casos de pessoas que se recuperaram da Covid-19 no município. No dia 21, por exemplo, 2.620 pessoas estavam recuperadas, ou 75,7% dos pacientes diagnosticados. Felizmente, esse número se ampliou para 4.061 recuperados, ou seja, 86,9% dos pacientes estão livres da Covid.

Infelizmente, apesar de todos os esforços da gestão pública, os números de óbitos, como já eram esperados, subiram de 135 para 181.

Importante destacar que todos os casos em isolamento domiciliar (positivos e suspeitos) são monitorados, nos três turnos diários, pelos colaboradores da Sala de Gestão de Dados de Enfrentamento do Agravo COVID-19, com o auxílio das equipes da Atenção à Saúde, Vigilância Sanitária e Vigilância Epidemiológica.

Fonte | Assessoria

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *