Um caminhoneiro foi assaltado e sequestrado, na noite de sábado (25), na BR-364, em Pedra Preta. Dois bandidos renderam vítima em um mercado, e a levaram para uma lavoura de milho junto com o veículo e a carga.

Conforme a ocorrência, ao chegar na lavoura os criminosos questionaram se o motorista levava soja, e ele informou que carregava farinha de osso. Em seguida, a dupla fez uma revista no veículo, onde encontraram R$ 1 mil e o cartão de crédito da vítima, com a senha anotada na parte de trás.

Aproveitando da situação, os ladrões apontaram uma arma de fogo para o caminhoneiro, e deram um tiro no chão para intimidá-lo. A vítima e os bandidos entraram no caminhão e seguiram até a rodoviária de Rondonópolis (212 km da Capital), onde a dupla pretendia sacar dinheiro da conta da vítima.

Um dos assaltantes desceu e foi até o caixa, o segundo ficou no veículo com o caminhoneiro. O indivíduo não conseguiu retirar o dinheiro e voltou para buscar a vítima. No momento em que se aproximavam do caixa, o motorista derrubou o bandido e conseguiu fugir.

A vítima conseguiu ajuda e a Polícia Militar (PM) foi acionada. Ao chegar ao local, os militares encontraram um dos bandidos correndo, em fuga, o qual eles conseguiram deter, com ajuda de populares. Com ele foram encontrados o celular da vítima e algumas moedas. O caminhão foi abandonado pelo segundo criminoso, e a arma usada foi deixada no veículo.

Segundo a vítima, os bandidos usaram seu celular para ligar para comparsas e disseram que os buscassem na rodoviária que naquele dia iriam realizar uma festa.

O bandido preso foi identificado como Marcos Vinicius Dias de Souza, e havia sido preso dias atrás por bater na mulher e tirar dois dentes dela. Já o comparsa de Marcos segue foragido, e a polícia procura por ele.

O caminhão, celular e cartão foram devolvidos para  vítima, já os R$1 mil não foram recuperados já que estavam em posse do segundo assaltante.

Fonte | RMT

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *