O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um limite de crédito de R$ 1 bilhão para o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), válido para o segundo semestre de 2020. O valor destinado ao BRDE para o próximo semestre é 45% maior que o do semestre anterior e será utilizado para financiar projetos de investimento em diferentes setores nos três estados da Região Sul.

A aprovação do limite vem num momento em que as instituições integrantes do Sistema Nacional de Fomento (SNF) têm buscado alternativas e soluções de crédito para reduzir os impactos sociais negativos e as perdas econômicas causadas pela pandemia de Covid-19.

“O BRDE é parceiro do  BNDES desde 1965 e exerce historicamente um papel relevante na descentralização do acesso aos recursos do Banco aos produtores rurais, empresas e setor público. O novo limite de crédito será fundamental para a continuidade da nossa política de crédito voltada ao setor agropecuário, às micro, pequenas e médias empresas e, também, para o enfrentamento da crise econômica e social derivada desta terrível pandemia que todos nós enfrentamos”, comentou o Diretor de Participações, Mercado de Capitais e Crédito Indireto do BNDES , Bruno Laskowsky.

O Diretor de Compliance e Riscos do BNDES, Claudenir Brito Pereira, informou que “os resultados apresentados pelo BRDE possibilitaram que o BNDES aumentasse seu limite de crédito sem que houvesse aumento relevante no risco de crédito da instituição”.

“O limite de crédito foi aprovado em um momento crucial, já que muitos segmentos têm sido bastante afetados pela pandemia, e serão beneficiados por meio do Programa Recupera Sul”, afirmou o Diretor Presidente do BRDE, Luiz Corrêa Noronha. Também haverá uma destinação importante ao agronegócio, principalmente em investimentos do novo Plano-Safra.

Sobre o BNDES – Fundado em 1952 e atualmente vinculado ao Ministério da Economia, o BNDES é o principal instrumento do Governo Federal para promover investimentos de longo prazo na economia brasileira. Suas ações têm foco no impacto socioambiental e econômico no Brasil. O Banco oferece condições especiais para micro, pequenas e médias empresas, além de linhas de investimentos sociais, direcionadas para educação e saúde, agricultura familiar, saneamento básico e transporte urbano. Em situações de crise, o Banco atua de forma anticíclica e auxilia na formulação das soluções para a retomada do crescimento da economia.

Fonte | Assessoria BNDES

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *