Referência no ensino de astronomia, professor João Canalle comandará a transmissão, que começa às 17h

Mesmo na quarentena e longe do ambiente escolar, milhares de estudantes em todo o território nacional encaram o desafio de se preparar para dois dos principais eventos do ensino das ciências espaciais no Brasil: a prova da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) e a Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). Para ajudar nesse trajeto, a OBA promove, sempre aos sábados, às 17h, lives em seu canal no Youtube com o seu coordenador nacional, o Dr. João Canalle, professor de Física e Astronomia do Instituto de Física da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e uma das maiores referências no mundo na difusão da ciências espaciais.

Na live do dia 11 de julho, Canalle irá tirar dúvidas sobre o regulamento da próxima edição da MOBFOG, detalhando todas as etapas que compõem a avaliação. Além disso, o professor também vai fazer comentários sobre a Jornada de Foguetes, evento realizado em Barra em Piraí, no sul do estado do Rio de Janeiro, que recebe estudantes de todo o país.

Lembrando que as inscrições para a OBA/MOBFOG foram prorrogadas em decorrência da pandemia do novo coronavírus e estão abertas até o final de julho. Escolas públicas e particulares que ainda não participam podem se cadastrar pelo site www.oba.org.br. Realizada em fase única e voltada para todos os estudantes dos ensinos fundamental e médio, a olimpíada ainda não tem data definida para sua realização, a depender da retomada das atividades escolares.

Em 23 anos de existência, a OBA já superou a marca dos 10 milhões de participantes e distribui anualmente cerca de 50 mil medalhas. A edição de 2019 teve a participação recorde de 884.979 estudantes de 9.965 escolas de todos os estados do Brasil e do Distrito Federal, além de duas do Japão.

Para assistir à live, basta acessar www.youtube.com/obaoficial

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *