O prefeito Zé Carlos do Pátio em busca de soluções para aumentar os leitos de UTI disponíveis para Covid-19 em Rondonópolis, neste momento de crise na saúde, antecipou nessa tarde para a Santa Casa, R$2 milhões para que a instituição o utilize em benefício de pacientes do SUS.

O repasse financeiro foi efetuado nesta quarta-feira (10) e estará disponível para este hospital a partir do próximo dia útil.

A Santa Casa já havia se prontificado a disponibilizar dez leitos ao município, podendo chegar a 15 leitos.

Ontem (09), diante dessa situação preocupante na saúde, e também com o comércio, um grupo de empresários estiveram reunidos com a promotora Joana Ninis e com os vereadores Fábio Cardozo e Reginaldo dos Santos, representantes do Comitê de Crise e Cláudio Carvalho, presidente da Câmara, onde discutiram sobre a situação da saúde e do comércio.

A promotora declarou sobre uma ação onde pediria lockdown no município, caso nenhuma medida fosse tomada em relação a saúde atual.

O grupo de empresários presentes na reunião apresentaram projetos para evitar o lockdown; um dos projetos é a criação de locais para realização de triagens em pacientes e o outro , trata-se de um plano de trabalho.

Alem disso, lembraram sobre a disponibilidade de novos leitos de UTI que devem estar prontas na Santa Casa até 10 dias e que poderiam diminuir a pressão do sistema de saúde.

Hoje (10), a Prefeitura adiantou os valores com o intuito de ajudar a Santa Casa a viabilizar e garantir novos leitos de UTI para atender demandas da Covid-19.

Fonte | Redação

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *