A Justiça de Mato Grosso determinou, nesta quinta-feira (4), a ampliação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados ao tratamento da Covid-19 nos hospitais de Cáceres, a 250 km de Cuiabá.

De acordo com a a decisão judicial, o estado deve providenciar a instalação de 15 leitos de UTI adulto, além de 20 leitos de enfermaria, todos devidamente estruturados, com equipes especializadas e protegidas com os equipamentos de proteção individuais (EPIs) adequados.

Até que sejam implantados estes leitos, o governo deve fazer o encaminhamento para outros locais e tratamento adequado dos pacientes acometidos de Covid-19.

A Justiça estabeleceu ainda que o governo estadual realize estudo epidemiológico e estatístico a respeito da região Oeste, no prazo de 10 dias úteis.

O prazo estabelecido pelo juízo é de 15 dias para início das obras e 40 dias para finalização, sob pena de multa diária no valor de R$ 20 mil e configuração do crime de desobediência.

Segundo a decisão, as projeções apresentam a probabilidade de que o pico de casos nos municípios da Região Oeste ocorra entre julho e agosto.

“Serão, em média, 3.000 casos leves com orientação de isolamento domiciliar e monitoramento pelos profissionais da saúde, podendo chegar, de forma acumulada nos 3 meses, 500 hospitalizados predominante de casos moderados que necessitam de acompanhamento e tratamento clínico”, diz trecho.

Até esta quinta-feira (4), segundo a SES, já foram 36 casos de Covid-19 confirmados em Cáceres e quatro pessoas morreram em decorrência da doença.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *