O motorista da VW Amarok envolvida em um acidente que matou quatro pessoas no último domingo (3) em Alta Floresta (791km de Cuiabá) recebeu voz de prisão ainda dentro da unidade de saúde para onde foi levado. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde, e nem se ele estava embriagado na hora do acidente.

O suspeito estava na caminhonete com um passageiro. Ambos foram socorridos por terceiros, e levados a uma unidade de saúde. Agora, o homem está sob custódia da Polícia Judiciária Civil (PJC), que investiga o caso.

O acidente matou Elizandra Aparecida de Freitas, 34 anos e Jacinto Faquinello, 50 anos, ambos eram casados, além de um filho pequeno, de sete anos, e uma sobrinha de nove, que não tiveram os nomes divulgados.

De acordo com o terceiro sargento do Corpo de Bombeiros Fabiano Nicásio Patrício, os indícios apontam para uma colisão frontal. “Houve uma morte no local, e três vítimas foram retiradas, mas todas foram a óbito posteriormente”, disse em entrevista. Todas as vítimas estavam no Sandero.

Fonte | Olhar Direto
Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *