Menores tentaram matar interno com golpes de arma artesanal por ele fazer parte de facção rival

Quatro adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Rondonópolis tentaram matar outro menor por volta das 7h15, desta quarta-feira (22), no pátio da unidade. Eles acertaram a vítima com uma arma artesanal feita com agulha de crochê e só pararam após a intervenção dos agentes de segurança socioeducativo.

O motivo seria porque o quarteto soube que o adolescente fazia parte de uma facção rival. Eles tomaram conhecimento do fato por outro menor que havia sido recém desinternado da unidade.

O adolescente ferido foi atendido pela unidade de saúde do Case de Rondonópolis e em seguida, levado para o Pronto Atendimento. Os agressores foram retirados do pátio e encaminhados para os respectivos quartos.

O caso foi registrado na Polícia Civil e foi requerido exame de corpo delito no menor agredido. Os quatro adolescentes agressores estão sob medida cautelar e aguardam decisão do Conselho Socioeducativo sobre o comportamento.

Fonte e Foto | Sesp-MT

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *