Desde que a Prefeitura de Rondonópolis publicou o decreto 9.480 vários tipos de estabelecimentos, comerciais ou não, podem funcionar porém com algumas restrições impostas para combater do avanço da Covid-19 na cidade. Nesta quarta-feira (22) a equipe de fiscais da Vigilância Sanitária se reuniu com outros fiscais do município que estão atuando em conjunto para que possam fazer valer o trata o decreto.

O encontro serviu para unificar as informações e orientar todos esses profissionais sobre as ações que estão sendo tomadas pelo município caso algum estabelecimento não esteja cumprindo o decreto que foi publicado no Diário Oficial do município – Diorondon no dia 16 de abril de 2020.

O decreto 9.480 flexibilizou a abertura de vários estabelecimentos, como bares, restaurantes, academias e igrejas, desde que cumpram os planos de contingência que foram enviados e aprovados pela Secretaria Municipal de Saúde e validados pela Comitê de Gestão de Crise.

Para garantir o controle e o avanço da Covid-19, Rondonópolis conta com 16 fiscais da Vigilância Sanitária e também 29 fiscais de outros setores como das Secretarias Municipais de Meio Ambiente, Receita e do Procon que estão trabalhando com o apoio dos agentes das Polícias Civil e Militar.

A gerente do Departamento de Saúde Coletiva do município, Gil Machado, destacou que os estabelecimentos devem cumprir as determinações descritas no decreto e os planos de contingência, mas que a população também tem papel importante na prevenção tomando os cuidados que têm sido informados de forma intensa pelos veículos de comunicação e canais oficiais dos governos.

Fonte | Assessoria  Foto | Wheverton Barros

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta