O edital lançado na semana passada pelo Governo do Estado, para a contratação emergencial de profissionais de saúde, prevê um incremento de 20% no valor praticado para pagamento de plantões. De acordo com o governador Mauro Mendes (DEM), a medida visa atrair esses trabalhadores e, também, remunerá-los adequadamente em razão do aumento da demanda que se estima para o setor nos próximos dias.

“Já existe um planejamento feito pela Secretaria de Saúde que indica onde vamos alocar esses profissionais. Em todos os locais onde o Governo tem hospitais nós estamos reforçando as equipes, contratando para plantões e pagando 20% a mais do que o mercado paga, neste momento de pandemia, para atrair esses profissionais e dar uma remuneração adequada em função da intensa atividade que a gente imagina que o estado vá demandar”, disse o governador, em entrevista à TVCA na útima semana.

Conforme o edital, os profissionais selecionados irão atender aos Hospitais Regionais de Rondonópolis, Cáceres, Sinop, Sorriso, Alta Floresta e Colíder, assim como o Hospital Estadual Santa Casa e o Hospital Metropolitano de Várzea Grande.

As remunerações serão pagas conforme escala de plantões diurnos e noturnos, que não podem exceder a 14 mensais, e os valores variam de R$ 112 a R$ 1,5 mil, por plantão.

As vagas abertas são para médicos (125), enfermeiros (120), psicólogos (18), fisioterapeutas (120), assistentes sociais (18), técnicos de enfermagem (288), técnicos de laboratório (22) e maqueiros (40), que serão distribuídas entre as unidades, de acordo com o edital. As inscrições podem ser feitas através do link pelo período de 30 dias, podendo ser encerradas ou prorrogadas conforme o interesse da administração estadual.

Mais Médicos 

Além dos profissionais que o Estado pretende contratar, o Ministério da Saúde contemplou 32 municípios mato-grossenses com 56 vagas para contratação de médicos pelo Programa Mais Médicos. Os profissionais que se cadastraram deverão se apresentar, durante o período de 06 a 13 de abril, aos municípios habilitados.

As vagas estão destinadas para médicos com diploma revalidado no Brasil ou formadas em instituições nacionais de educação superior.

Os médicos cubanos oriundos da cooperação internacional serão reincorporados ao Programa Mais Médico. Para esses profissionais estrangeiros, estão previstas cinco vagas em Mato Grosso. Os cubanos deverão se apresentar no período de 07 a 11 de maio para o preenchimento das cinco vagas nos seguintes municípios de Mato Grosso: Araputanga (1), Barra do Garças (1), Colíder (1), Juara (1) e Tangará da Serra (1).

Para mais informações sobre a adesão às vagas clique AQUI 

Fonte | Secom-MT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *