Um rapaz, identificado como “J.G.”, foi alvo de um “salve” – golpeado com pauladas e chicotadas – após ser apontado como suspeito de espancar a própria mãe depois dela reclamar de bagunça dentro da residência em que ambos moram. O caso ocorreu no bairro Jardim Marajoara, em Várzea Grande, e foi divulgada no programa Balança MT (TV Cidade Verde 12.1) nesta quinta-feira.

No vídeo, o rapaz sofre várias agressões que as imagens precisam ser ofuscadas. Ao menos quatro pessoas participam da “sessão de espancamento”, que só inicia após o próprio jovem confessar que agrediu a mãe.

Não foi informado o estado de saúde do jovem ou se ele foi encaminhado a uma unidade de saúde. Em outro vídeo, uma mulher, que seria a mãe do jovem, aparece com hematomas no rosto e braço. “Olha como está minha cara depois que meu filho tentou me matar. Eu sempre trabalhei, trabalhei. As pessoas sempre me disseram que eu passei a mão na cabeça dele e por isso ele ficou assim. Ele fez isso só porque eu mandei um vídeo para ele e a namorada dele dizendo que a casa estava bagunçada e ele não gostou”, narrou.

A mulher ainda mostra os hematomas no braço e o rosto extremamente machucados. Ela narra que o filho lhe deu vários socos e tentou enforcá-la. “A gente pensa que está criando um filho, mas quando vamos ver criamos uma cobra”, desabafou.

A mulher ainda pede para que o filho passasse por um corretivo. Os criminosos da região acabaram atendendo ao apelo.

Fonte | Folhamax

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *