Neste novo ciclo, serão necessário 366 dias para a Terra dar a volta em torno do Sol

Em 2020, não se assuste, teremos 366 dias. Isso ocorre a cada quatro anos: é o conhecido ano bissexto. Você sabe por que essas mudanças no calendário acontecem?

O ano é calculado pelo tempo necessário para a Terra dar uma volta em torno do sol. No entanto, a conta não é exatamente 365 dias – na verdade são 365,2422 dias ou 365 dias, cinco horas e 48 segundos.

Para encaixar esse tempo extra, astrônomos arrendondaram a sobra para 6 horas e, a cada quatro anos, o excedente vira um dia a mais. Desta forma, é possível ajustar o calendário com menos transtornos.

O modo de contar os dias foi trazido pelo imperador Júlio César, de Roma, em 46 a. O governante buscava solução para reformar o calendário romano.

Então, ele contratou Sosígenes de Alexandria, que propôs a adoção do calendário solar egípcio. No qual, a cada quatro anos, um dia seria acrescido para se adequar ao tempo que a Terra leva para girar em torno do Sol.

Fonte | Metrópoles

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *