A Polícia Militar chegou à acusada após bandidos assaltarem um estabelecimento no bairro São Mateus e deixar a motocicleta no local no momento da fuga.

Uma mulher identificada como T.A.S., que trabalha na portaria de um condomínio na Avenida Mário Andreazza, foi presa durante a noite dessa terça-feira (03) por ‘emprestar’ sua moto Honda Fan a dois bandidos que assaltaram um estabelecimento comercial no bairro São Mateus, em Várzea Grande, e ainda por comunicação de falso crime, quando afirmou que a motocicleta havia sido furtada durante a tarde.

A Polícia Militar (PM) chegou até a porteira após os dois ladrões invadirem um comércio armados por volta das 23h, anunciarem o assalto e fugirem levando o dinheiro do local, celulares das vítimas e um notebook. Porém, durante a fuga, os bandidos se atrapalharam e derrubaram a motocicleta no momento em que tentavam fugir, emprestada pela acusada, quando abandonaram o veículo na rua e escaparam a pé.

Os militares fizeram rondas pela região, mas não localizaram os assaltantes.

Os policiais receberam a informação, um tempo depois do assalto, que a moto havia sido furtada durante a tarde do mesmo dia, mas a “vítima” só havia registrado a ocorrência no final da noite.

Em contato com T.A.S., os militares questionaram o porquê dela não ter registrado furto de sua motocicleta no momento em que percebeu a ação criminosa, mas ela não soube responder. A PM então perguntou sobre as câmeras de segurança do condomínio e a mulher mentiu, dizendo que não estavam funcionando.

Desconfiados, os policiais entraram em contato com um vigia do condomínio, que desmentiu a versão de T.A.S. e disse que as câmeras estão gravando sim e que era possível pegar as imagens da tarde.

Nesse momento a até então vítima, mudou a versão dos fatos e confessou que, na verdade, havia emprestado a moto ao marido de uma amiga, que provavelmente é um dos assaltantes.

T.A.S. foi presa e encaminhada à Central de Flagrantes, onde vai responder pela participação no roubo do estabelecimento e ainda por comunicação de falso crime.

A motocicleta foi apreendida e encaminhada ao pátio da delegacia.

A Delegacia Especializada na Repressão de Roubos e Furtos (Derrf) investiga o caso e busca pelos assaltantes.

Fonte | RMT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *