Familiares informaram que a vítima vinha apresentando sintomas de depressão nos últimos dias.

A enfermeira Luzidelma das Neves Taboas, 50 anos, morreu ao disparar um tiro contra o próprio pescoço, no bairro Jardim Guanabara, em Rondonópolis. Ela cometeu suicídio na frente da casa do ex-marido, na noite de sábado (30).

Luzidelma era enfermeira no Hospital Regional. Conforme testemunhas, ela chegou com o carro na frente da casa do ex-marido, sacou o revólver e atirou no próprio pescoço.

A versão é investigada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Luzidelma deixa um filho e uma neta.

Peça ajuda

O CVV tem realizado em Cuiabá, todas as quintas-feiras, reuniões com sobreviventes ao suicídio e seus familiares. Assim como parentes de pessoas que se mataram.

Também passaram a ser gratuitas as ligações feitas ao número 188. Canal de atendimento 24 horas.

Mais de um milhão de atendimentos anuais são realizados por 2.000 voluntários pelo telefone 188, pessoalmente (nos 80 postos de atendimento) ou pelo www.cvv.org.br via chat, Skype e e-mail.

Fonte | RMT

(Visited 1 times, 18 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *