O crime foi cometido perto de um posto de combustível, quando Josiane voltava de um evento na companhia da irmã.

Um homem foi condenado na última quinta-feira (7) a cumprir sete anos de prisão pela morte da ex-mulher dele em Poxoréu, a 259 km de Cuiabá. Josiane Barreto de Oliveira, de 25 anos, foi assassinada no dia 1º de maio de 2018 quando voltava de uma festa com a irmã dela.

O ex-marido, Paulo Tavares da Câmara, de 30 anos, estava preso na Penitenciária Major Eldo Sá Correa (Mata Grande) em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

O júri condenou o ex-marido por homicídio e determinou que ele cumprisse pena de sete anos em regime semiaberto. No júri a Justiça determinou o alvará de soltura de Paulo.

O crime foi cometido perto de um posto de combustível, quando Josiane voltava de um evento na companhia da irmã.

Paulo estava de carro e chamou a vítima para conversar. Quando ela se aproximou, o suspeito sacou a arma e disparou a queima roupa. Josiane foi socorrida e levada para uma unidade de hospital antes da chegada da polícia.

Após os tiros, Paulo fugiu do local, mas foi preso posteriormente.

O casal teve um relacionamento por oito anos. Por conta de episódios de violência doméstica sofridos pela vítima, eles estavam separados há aproximadamente um mês quando o crime ocorreu.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *