Um idoso de 63 anos, que não teve a identidade divulgada, foi preso nesta segunda-feira (30), em Nova Olímpia, a 207 km de Cuiabá. Ele é suspeito de abusar sexualmente e matar a menina Andrelina Lima Marques, em 2011, na época, com 10 anos. A menina é considerada desaparecida desde então.

As investigações contra o suspeito começaram no início do ano, após outra vítima, hoje com 17 anos ter procurado a delegacia para denunciar os abusos sofridos na infância, entre 8 e 11 anos de idade. Na ocasião, ele contou que idoso também teria abusado de outra criança, que seria Andrelina.

A vítima contou à polícia que não teve coragem de contar sobre os estupros, pois era ameaçada pelo suspeito e que fazia acompanhamento psicológico para tentar curar a depressão causada pelo trauma.

Ainda segundo as investigações, o suspeito era vizinho das vítimas. Todos moravam no Bairro Boa Esperança, em Nova Olímpia. Ele se aproveitava de ter um poder aquisitivo um pouco maior para atrair as crianças.

Andrelina Lima Marques, de 10 anos, desapareceu em outubro de 2011 em Nova Olímpia — Foto: TV Centro América

Andrelina Lima Marques, de 10 anos, desapareceu em outubro de 2011 em Nova Olímpia — Foto: TV Centro América

Com base nas informações passadas pela vítima, os policiais chegaram a outras três, totalizando cinco crianças abusadas pelo pedófilo.

Diante das evidências, o delegado Adil Pinheiro de Paula, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferido pela Justiça.

“Os inquéritos dos estupros foram encerrados, estou apenas esperando alguns relatórios. Agora, vamos concentrar esforços para investigar a morte da menina”, afirmou o delegado.

José Costa Silva era vizinho de Andrelina Lima Marques e teve a prisão decretada pela Justiça em Mato Grosso — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

José Costa Silva era vizinho de Andrelina Lima Marques e teve a prisão decretada pela Justiça em Mato Grosso — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

Outra prisão

Em março deste ano, José Costa Silva, também teve a prisão decretada pela Justiça. Ele também era vizinho da família de Andrelina. Segundo testemunhas, a menina teria sido vista entrando no carro dele antes de desaparecer.

José Costa já era procurado suspeito de ter assassinado os pais dele em Alagoas. Ele nunca mais foi visto depois que Andrelina desapareceu.

Andrelina está desaparecida desde outubro de 2011. — Foto: Reprodução TVCA

Andrelina está desaparecida desde outubro de 2011. — Foto: Reprodução TVCA

Caso Andrelina

A criança morava com os pais e mais três irmãos no bairro Jardim Boa Esperança, em Nova Olímpia. Andrelina saiu de casa no dia 11 de outubro de 2011 por volta das 15h para ir à casa de uma vizinha da mesma idade e desde então não voltou.

Ela havia avisado a mãe que iria à casa da amiga para chamá-la para uma comemoração do Dia das Crianças. No intervalo de ir até a vizinha e voltar pra casa, ninguém mais a viu. Os familiares contam que o desaparecimento da garota causou sequelas psicológicas e emocionais graves na mãe da criança.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *