O antigo prédio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), localizado na via marginal à travessia urbana das BRs 163/364, nas proximidades do viaduto, irá receber a base do Corpo de Bombeiros em Rondonópolis, com intuito de possibilitar a descentralização dos trabalhos e, com isso, melhorar o tempo de resposta aos atendimentos nas rodovias que cortam o município e também nos bairros da região Salmen e Distritos Industriais.

Uma solenidade, na tarde desta quarta-feira (31), que contou com participação de diversas autoridades políticas e militares, marcou o lançamento do início das obras de recuperação e adequação do prédio, que está localizado num ponto considerado estratégico. Estimada em R$ 360 mil, a obra está sendo viabilizada pela parceria firmada entre a Prefeitura de Rondonópolis e o Ministério Público do Trabalho (MPT), que irão destinar cada um R$ 180 mil.

“É a realização de um sonho de quase dez anos. A base neste local, que fica na confluência de duas importantes rodovias, vai melhorar bastante o tempo de resposta aos atendimentos nesta região, que é bastante populosa e possui três Distritos Industriais”, disse o Comandante-Geral Adjunto do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, coronel Vanderlei Bonoto, que iniciou a luta em 2010, quando estava em Rondonópolis, para que a antiga sede do Dnit viesse abrigar uma base da instituição no município.

Ele destacou, ainda, que, além de melhorar o tempo de resposta, a descentralização dos trabalhos, com a viabilização da base no prédio do antigo Dnit, deve fazer com que o valor pago de seguro por muitas indústrias nessa região seja reduzido, já que um dos fatores considerados no cálculo é a distância até a unidade dos bombeiros, que atualmente fica na região da Vila Operária.

Powered by Rock Convert

O prefeito Zé Carlos do Pátio destacou a importância da base está localizada num ponto estratégico da cidade, “pois isso representará mais rapidez no atendimento, aumentando as chances de salvamento de muitas vidas”. Ele destacou, também, a sensibilidade do MPT, na pessoa do procurador Leonardo Acosta, em disponibilizar recursos de uma ação no valor de R$ 180 mil para obra.

Além disso, disse que a Prefeitura estará sempre aberta ao governo do Estado para firmar parcerias que representem benfeitorias para melhoria da qualidade de vida da população rondonopolitana.

Avaliada em R$ 360 mil, a obra, além de reforma e adequação do prédio do antigo Dnit, prevê a construção de garagem para abrigar as viaturas e dois campos de futebol, onde também serão desenvolvidos projetos sociais. A previsão é de que as obras sejam concluídas em novembro.

Para o funcionamento da nova base, o comando do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso assegurou que não será necessário tirar militares da unidade da Vila Operária. O Estado garantiu o envio do efetivo, que contará com quatro bombeiros, além de equipamentos e uma viatura de combate a incêndio.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *