Um jovem de 18 anos, identificado como Dhosafan Diseley Siqueira, foi executado com pelo menos oito tiros, na noite de terça-feira (30) na cidade de Diamantino (distante 183 quilômetros de Cuiabá).

Segundo a narrativa do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi informada naquela noite que havia uma vítima de tiros caída na Rua Benedito Soares, rua 14, do bairro Bom Jesus. Lá, foram informados por testemunhas de que Dhosafan, que deixou mulher e filho pequeno, bebia na companhia de outro jovem conhecido apenas como Érico, vulgo Bolachinha, que tem um braço amputado, e outras pessoas, até que decidiram sair do local.

O algoz de Dhosafan os encontrou já na rua e, não se sabe porquê, começou a atirar no abdômen do rapaz, que provavelmente tentou correr, já que os outros disparos atingiram-lhe as costas, braços e pernas.

Minutos depois os PMs chegaram juntamente com uma ambulância, que realizou os primeiros socorros e levaram-no para o Pronto-Atendimento do hospital da cidade. Ele não resistiu aos ferimentos e à perda de sangue e morreu. Foi sepultado na manhã da quarta-feira (1º) sem a presença de parentes, que seriam moradores de Colíder.

A Polícia Judiciária Civil está investigando as causas e possíveis motivações da execução.

Fonte | Folhamax

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *