Separar um tempinho para agradecer as pessoas ao seu redor pode ter um resultado bem maior que você imagina!

Do zelador que cuidou dos corredores de sua escola, à sua avô que fez o seu bolo favorito e até mesmo àquele amigo que te ajudou quando você passou por uma fase difícil. A gente sabe o quanto cada pessoa é capaz de deixar uma marca positiva em nossas vidas, até mesmo com gestos simples. Mas será que prestamso a devida atenção em agradecer cada uma dessas pessoas?

Um novo estudo realizado na Universidade do Texas decidiu pesquisar como cada pessoa se sente ao receber ou enviar pequenas notas de agradecimento e os resultados foram publicados no artigo chamado Desvalorização da gratidão: os manifestantes entendem mal as consequências de mostrar afetos, na revista Psychological Science.

De acordo com o pricial autor do estudo, Amit Kumar, não é novidade que o sentimento de gratidão é capaz de melhorar o nosso bem-estar. Porém, o que Kumar destaca nesta pesquisa é que, embora seja algo conhecido, as pessoas subestimam o poder de agradecer.

O estudo Kumar foi realizado com cerca de 100 estudantes. Cada um deles foi convidado a escrever uma carta de agradecimento e enviá-la a uma pessoa de sua escolha. Eles também foram solicitados a usar escalas de classificação para tentar prever como o destinatário se sentiria depois de ler a mensagem.

Depois disso, a equipe de pesquisa entrou em contato com as pessoas que receberas as cartas para descobrir como elas estavam se sentindo. E aí é que aconteceu toda a “mágica”. Os participantes realmente subestimaram o quão bem os destinatários se sentiram após de lerem os agradecimentos.

“Talvez, simplesmente saber que você está causando um impacto maior do que você pensava é algo que incentiva as pessoas a se envolverem com esse tipo de ação com mais frequência”, explica Kumar.

Ter medo de extrapolar limites ou parecer pouco genuíno foram alguns dos fatores destacados como inibidores para expressar a gratidão.

“Descobrimos que as pessoas podem se preocupar excessivamente sobre como estão expressando gratidão, seja por conta de sua capacidade de articular as palavras ‘apenas certas’ ou qualquer outra coisa. Enquanto que para quem recebe essas mensagens, o que mais importa e o afeto e a boa intenção”, diz o artigo.

Então, que tal separar um tempinho e simplesmente agradecer as pessoas que te rodeiam? Isso pode ter um resultado bem maior que você imagina!

Fonte | Huff Post Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *