O ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Roberto Barroso intimou nesta 5ª feira (23.ago.2018) a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a manifestar-se sobre as impugnações e notícias de inelegibilidade protocoladas contra o petista. O magistrado é o relator do caso.

Os advogados têm 7 dias corridos para apresentar a defesa. O prazo começa a contar nesta 6ª (24.ago) e termina no dia 30 de agosto. O pedido de registro de candidatura de Lula é alvo de 16 questionamentos na Corte.

Ao fim do prazo para manifestação da defesa, o relator decide se há necessidade de prazo para produção de provas. Se entender que não, ele já pode definir se defere ou não o registro de candidatura.

Fonte | Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *