O ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Luís Roberto Barroso será o único relator dos casos de impugnações da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O ministro Admar Gonzaga transferiu os pedidos que estavam sob sua responsabilidade.

A presidente do tribunal, ministra Rosa Weber, confirmou nesta 5ª (16.ago), Barroso como relator do registro de candidatura de Lula.

Nesta 6ª, o TSE divulgou os prazos para que as impugnações de candidaturas sejam solicitadas. Além do petista, Jair Bolsonaro (PSL) também é alvo de pedido de contestação da candidatura.

As impugnações podem ser requeridas ao TSE no prazo de 5 dias contados a partir da publicação do edital, ou seja, até o dia 22 de agosto. As informações estão no Diário Oficial da Justiça desta 6ª. Leia a íntegra.

Depois disso, o ministro escolhido relator no caso estabelecerá o rito a ser seguido. No caso de Lula, o ministro Barroso, no de Bolsonaro é o ministro Napoleão Nunes Maia.

O ex-presidente Lula está preso em Curitiba após ter sido condenado em 2ª instância pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região). O PT adota a estratégia de manter a candidatura até não haver mais recursos na justiça.

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) foi registrado como vice de Lula.

No entanto a sigla fez 1 acordo com o PC do B para que a deputada estadual Manuela D’ávila (PC do B) seja a vice na chapa petista. Caso o TSE aceite o pedido de candidatura de Lula, Haddad sai da chapa e Manuela entra vaga de vice. Na possibilidade da candidatura ser indeferida, Haddad sobe para cabeça de chapa e Manuela será sua vice.

Há pelo menos 7 pedidos pela impugnação de Lula como candidato. Dois deles são movidos por seus adversários nas corrida pelo Planalto, João Amoêdo (Novo)e Bolsonaro.

Um advogado do Rio Janeiro chamado Rodrigo Phanardiz Ancora da Luz questionou a candidatura de Bolsonaro. O motivo apontado é o fato do deputado do PSL ser réu no STF (Supremo Tribunal Federal).

Fonte | Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *