Mulher de 28 anos e adolescente de 15 anos foram mortos quando saíam de audiência no Fórum de Poconé, em maio deste ano. Alvo da quadrilha era o irmão do adolescente.

Um homem suspeito de fazer parte de uma organização criminosa que arrecadou dinheiro junto a empresários para assassinar um adolescente de 17 anos foi preso nessa terça-feira (7), em Poconé, de acordo com a Polícia Civil.

O plano de matar o adolescente não foi concretizado e quem morreu foi o irmão dele, de 15 anos, e a prima deles, de 28 anos, a qual eles chamavam de tia.

O adolescente de 15 anos foi assassinado ao ter sido confundido com o irmão, quando saía do Fórum com a prima, em maio deste ano. Ela também foi baleada e morreu.

A organização criminosa ficou conhecida como “grupo da vaquinha”, porque arrecadam dinheiro dos comerciantes para matar esse adolescente de 17 anos, que é suspeito de cometer vários roubos e furtos na cidade.

Douglas Diego Borges teria fornecido um carro e uma moto aos pistoleiros que assassinaram as vítimas.

À época do crime, quatro pessoas, entre elas um empresário, que encomendou o crime, foram presas.

Douglas estava foragido e foi preso nas ruas da cidade e encaminhado à cadeia pública local.

As vítimas foram surpreendidas quando acabavam de sair do Fórum do município.

O adolescente que morreu e o irmão dele, de 17 anos, prestavam depoimento no local sobre ocorrência anterior em que ambos foram apreendidos com armas de fogo. Como são menores de idade, estavam acompanhados da prima, a qual eles chamavam de tia.

Conforme a polícia, esse adolescente de 17 anos era o alvo dos criminosos, mas foi confundido com o irmão dele, de 15 anos, que foi assassinado.

O adolescente conseguiu escapar porque foi apreendido no final da oitiva no Fórum por equipe da Delegacia de Polícia de Poconé, colocado em viatura e encaminhado para ser ouvido na unidade.

Fonte | G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *