Local onde Camila de Oliveira, de 27 anos, foi encontrada é conhecido por alugar quartos para garotas de programa. Segundo a PM, vítima foi achada nua sobre uma cama.

A Polícia Civil investiga o assassinato de uma mulher de 27 anos, encontrada morta nessa segunda-feira (30) dentro de um prostíbulo localizado no Centro de Rondonópolis. O inquérito é conduzido pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Camila de Oliveira Moraes Silva foi encontrada nua em cima de uma cama, dentro de um quarto do estabelecimento, que aluga quartos para garotas de programa, segundo a Polícia Militar.

De acordo com o tenente PM Marcos Oliveira, que participou do atendimento à ocorrência, a suspeita da polícia é de que a mulher tenha sido assassinada por esganadura, ou seja, alguém teria pressionado o pescoço da vítima com as mãos até que ela ficasse sem ar.

“O Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] chegou ao local e confirmou o óbito. Ela tinha escoriações no pescoço e manchas pelo corpo”, afirmou o policial.

Local onde o crime ocorreu é conhecido por alugar quartos para garotas de programa, segundo a polícia (Foto: TVCA/Reprodução)

Local onde o crime ocorreu é conhecido por alugar quartos para garotas de programa, segundo a polícia (Foto: TVCA/Reprodução)

Segundo a PM, Camila tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas e a principal hipótese é de que o crime tenha sido cometido como uma forma de “acerto de contas”.

“A Polícia Civil é quem vai apurar, mas essa é das linhas de investigação”, disse.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta