Indignado com que considerou como sendo uma atitude “covarde” e “baixa” do prefeito José Carlos do Pátio (SD) em relação à Câmara de Rondonópolis, o vereador Fábio Cardozo (PDT) cobrou na sessão desta quarta-feira (20) uma retratação do chefe do executivo municipal. Segundo ele, ao contrário do que o prefeito disse, num vídeo que ganhou as redes sociais, no último fim de semana, não tem um vereador na Casa de Leis que é contra a qualquer projeto de asfaltamento do Parque Universitário, Oásis Paineiras ou de qualquer outro bairro da cidade.

“Não tem um vereador aqui contrário a qualquer benefício à cidade. É um absurdo o que o prefeito fez, fazer discurso no bairro, dizer que nós (vereadores) somos contra um projeto que irá beneficiar uma região da cidade. Isso é uma mentira. Isso não existe”, frisou Fábio, acrescentando que a Câmara merece uma retratação do prefeito José Carlos Pátio.

Fabio lembrou que este não foi o primeiro vídeo em que o prefeito tenta se “vitimizar” e jogar a população contra a Câmara de Vereadores. “Esta não foi a primeira vez, não foi o primeiro vídeo desrespeitando esta Casa. Não podemos aceitar, pois se a gente aceitar, vamos estar concordando com que ele está falando”, ressaltou, acrescentando que repudia esta tentativa do prefeito, que vem fazendo “uma gestão pífia e com uma altíssima rejeição da sociedade rondonopolitana, jogar para esta Casa o desgaste que ele vem tendo”.

Ele, também, considerou este tipo de atitude do prefeito como um “tremendo despeito” para com a Câmara, que nesta legislatura aprovou que o executivo fizesse o endividamento de R$ 34 milhões para o município realizar o asfaltamento dos referidos bairros, assim como foi feito com a maioria absoluta dos projetos enviados pelo prefeito para apreciação do legislativo municipal.

“Eu não posso concordar que esta postura do prefeito, de dizer que somos (vereadores) contra um projeto que irá beneficiar a região (Samen). Nós não estamos atrapalhando a gestão.  Fomo nós que aprovamos o projeto para que o município pudesse acessar R$ 34 milhões para beneficiar estes bairros com asfalto. Nós que aprovamos recursos para que a Coder adiquirisse uma usina CBUQ e maquinários, o que ainda não ocorreu”, lembrou.

Ele comentou, ainda, que a atual legislatura da Câmara aprovou a liberação de 8,5% do orçamento para que o prefeito possa remanejar da forma que achar melhor, “um valor não foi concedido a qualquer outro prefeito na história de Rondonópolis. Então , não dá para aceitar, ficar calado diante deste absurdo, de mais esta mentira”.

Fonte | Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *