O presidente da Associação de Motoristas de Uber de Rondonópolis, Derley da Cruz,  participou nesta quarta-feira (9) da Sessão da Câmara de Vereadores. Derley usou a palavra para defender o sistema e afirmou que o Uber não é clandestino ou ilegal. “Estamos amparados por uma Lei Federal e por isso estamos dentro da legalidade”, disse o representante da categoria.  Ele estava representando um grupo de motoristas que foi a Câmara pedir apoio para a categoria.

Ele, no entanto, reconheceu a necessidade de regulametação dos aplicativos de transporte na cidade. Derley defendeu que a regulamentação municipal vai incrementar a receita do município, pois vai obrigar as empresas que utilizam o sistema a ter um CNPJ com endereço em Rondonópolis. “A receita vai ficar aqui e defendemos essa ideia”, destacou.

O representante dos motoristas ainda reconheceu que com a regulamentação a fiscalização poderá ser facilitada. Ele ainda lembrou que no caso do Uber, o próprio usuário pode denunciar à direção da empresa qualquer irregularidade.

Na terça-feira (8), um grupo de taxistas participou de uma reunião na Câmara, onde pediram aos parlamentares uma solução urgente. Alguns taxistas alegam que há motoristas de Uber que estão fazendo ponto e não atendendo via aplicativo.  Os taxistas cobraram ainda dos vereadores uma maior fiscalização além da regulamentação do serviço.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *