Nos últimos anos, a corrupção política tem sido foco de debates nos mais diversos locais e setores da comunidade. As críticas envolvem o desvio de dinheiro e os interesses pessoais que são colocados acima do bem público por parte dos políticos.

O vereador Subtenente Guinancio (PSDB), rebateu duramente um pedido que chegou até ele essa semana, que seria a intervenção para que uma pessoa fosse colocada à frente de outras na lista habitacional do município “Não podemos deixar que o interesse pessoal envolva com o interesse público, canalha é quem pede e quem faz esse tipo de intervenção por interesses pessoais. Temos que entender que a corrupção começa nos primeiros atos”.

O parlamentar salientou ainda que os brasileiros precisam respeitar a República e que o vandalismo e a baderna não fazem parte desse tipo de forma de governo “Esse tipo de voto por troca de interesses eu não quero. Voto por consciência e não por interesse, é disso que precisamos”.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta