Adolescente de 17 anos tentou fugir da polícia, entrou em matagal e bateu carro em árvore, às margens da BR-070. PRF também prendeu 3 suspeitos de passar informações sobre o movimento da polícia na estrada à quadrilha.

Um adolescente de 17 anos foi apreendido depois de bater uma caminhonete SW4 em uma árvore ao tentar fugir da polícia, no sábado (31), em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, na região de fronteira com a Bolívia. O veículo pertence a um advogado e tinha sido roubado em frente a uma escola em Cuiabá, na quarta-feira (28).

O adolescente disse à Polícia Rodoviária Federal (PRF) que tinha sido contratado por R$ 1 mil para levar a caminhonete até a San Mathias, na Bolívia.

Outros três rapazes, de 19, 25 e 26 anos, que estavam dando apoio ao crime, atuando como “olheiros” durante o percurso, também foram presos.

De acordo com a polícia, o adolescente, que mora em Cáceres, não atendeu à ordem de parada dado pelos agentes da PRF, na BR-070, e continuou a fugir, no sentido Porto Esperidião, a 358 km de Cuiabá.

A polícia o perseguiu por aproximadamente 1,5 km até que ele saiu da estrada em direção a uma área de mata e bateu de frente com uma árvore. Ele ficou ferido e carro, danificado.

A PRF informou que a placa do veículo tinha adulterada e que o carro era o mesmo roubado em Cuiabá.

Após ter sido apreendido, o adolescente disse à PRF que estava contando com a ajuda de mais duas pessoas para atuarem como “batedores” na estrada e que possivelmente eles estariam nas proximidades.

SW4 tinha sido roubada no dia 28 de março em Cuiabá (Foto: PRF-MT/ Divulgação)

SW4 tinha sido roubada no dia 28 de março em Cuiabá (Foto: PRF-MT/ Divulgação)

A polícia então começou as buscas por eles e na BR-070, perto da rotatória de acesso à Bolívia, localizou o jovem de 19 anos, que morava em um sítio na região da fronteira no Assentamento Rancho da Saudade, e estava em uma motocicleta. Ele disse à PRF ter sido contratado por R$ 120 para apoiar o crime.

Ele disse que tinha como função avisar a quadrilha sobre a presença da polícia durante o percurso. Contou ainda que um adolescente que também tinha a função de “olheiro” fugiu pela mata após a apreensão do adolescente que dirigia a caminhonete.

Já na BR-174, a PRF levantou suspeita sobre um motociclista que seguia em baixa velocidade pela lateral da rodovia. Ele buzinava com frequência. A polícia prendeu o piloto da moto, de 26 anos, e o jovem de 25 que estava na garupa do veículo.

O piloto da motocicleta disse que receberia R$ 200 para cuidar da rotatória do trevo de acesso
à BR-174.

Os presos foram encaminhados para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron) e autuados pelos crimes de receptação, corrupção de menores e organização criminosa.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta