José Carlos Camelo, de 44 anos, teria pulado o muro da casa da ex e brigado com o atual dela, que também é militar. O caso também é investigado pela Polícia Civil.

José Carlos foi morto a tiros dentro da casa da ex-mulher (Foto: Divulgação)

José Carlos foi morto a tiros dentro da casa da ex-mulher (Foto: Divulgação)

A Corregedoria da Polícia Militar deve investigar a conduta do militar suspeito de matar um sargento na casa da namorada dele, em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, nesta quinta-feira (22).

Em nota, a PM lamentou a perda do sargento e afirmou que um Inquérito Policial Militar foi aberto no 2° Comando Regional para apurar o fato.

Criminalmente, o crime está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O sargento José Carlos Camelo, de 44 anos, teria pulado o muro da casa da ex-mulher e brigado com o atual namorado dela.

O policial então teria atirado e acertado o sargento. O suspeito do crime não havia sido localizado.

De acordo com a PM, o sargento, que não estava de serviço nessa data, não aceitava o fim do relacionamento com a ex-mulher, que estava namorando o militar suspeito do crime.

A vítima trabalhava no 25º Batalhão da PM de Várzea Grande.

Fonte | G1

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *