Primavera do Leste recebeu dois eventos, na tarde desta sexta-feira, 26, que ficarão registrados na história econômica do município. Foi apresentada a aeronave da empresa América do Sul-Táxi Aéreo (Asta) que começará as atividades operacionais a partir de fevereiro, no trecho Primavera/Cuiabá. Na oportunidade, representantes da empresa chinesa Zhuhai Yuren Agricultural Aviation chegaram ao município em um vôo da Asta, para conhecer o potencial e analisar a possibilidade de investir cerca de UU$ 20 milhões, que vai gerar mais de 200 empregos diretos.

A Câmara Municipal apoia a iniciativa da Prefeitura de buscar investimentos que fomentam o desenvolvimento. Segundo o vice-presidente Paulo Márcio Castro e Silva, que na ocasião representou o Legislativo, as duas importantes ações representam um marco para o município. “Temos um grande potencial de crescimento e oportunidades. Receber esses empresários chineses é o início de muitas ações que visam ampliar nossa economia. Nós entendemos a importância da implantação desse fabricante de drones agrícolas para nossa região e Estado e, portanto estaremos dispostos a fazer tudo o que compete aos vereadores na consolidação desse projeto”.

 

A empresa do continente Asiático é o único fabricante indicado pelo Ministério da Agricultura da China para a realização de demonstrações de vôos de drones em outros países. Com sua matriz instalada na cidade de Zhuhai, o desejo é expandir suas atividades para o Brasil e nesse contexto optaram por conhecer Mato Grosso, Estado que lidera a produção de grãos e é um campo fértil para investimentos.

 

Segundo o diretor da empresa, Jeff Yi, a intenção é que a indústria, no Brasil, fabrique dois modelos diferentes de drones, com capacidade de armazenamento de 10 litros e outro para 20 litros. Os dois poderão ser utilizados na pulverização e também para a fertilização das lavouras. “Os equipamentos são construídos com fibra de carbono, com GPS, câmera fotográfica de oito bandas e câmera infravermelha e ultravioleta, o que permite um mapeamento do solo”. Ele ainda afirmou que com o modelo pequeno de drone é possível realizar um hectare em 20 minutos.

Perguntado sobre a imagem que teve de Primavera do Leste, Jeff ressaltou que irá falar com o conselho de acionistas e, “sugerir que o investimento seja feito no município. Adorei a receptividade e imagem que tive nesse primeiro momento”.

O prefeito Léo Bortolin está otimista e afirma que o município está apto com todos os critérios estipulados pela empresa. “Estamos bem localizado, temos potencial e capacitação de mão de obra. Não mediremos esforços para que a empresa se instale”. Ainda segundo Léo, na manhã deste sábado, 27, haverá um novo encontro com o representante da empresa para explanação do potencial de Primavera do Leste, no seu gabinete e posteriormente será feito um tour para que conheçam a cidade.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *