O relacionamento de Silvana e Antônio seria conturbado. Segundo os autos do processo, a vítima sempre ameaçava a mulher quando estava alcoolizado.

Uma mulher e o filho dela devem ser julgados no Tribunal do Júri pelo assassinato de um homem de 33 anos, em janeiro de 2015, em Sinop, a 503 km de Cuiabá. Silvana Ferreira, de 37 anos, e o filho dela, Bruno Ferreira da Costa, de 21, são acusados de terem matado Antônio Alves Silva, com quem Silvana era casada.

A decisão que determinou o julgamento pelo Tribunal do Júri foi feita pela juíza Rosângela Zacarkim dos Santos, da Primeira Vara Criminal, no dia 8 de janeiro de 2018. A magistrada ainda deve marcar o dia da audiência. Bruno está preso e a mãe dele cumpre prisão domiciliar. Os dois negaram o crime em depoimento à Justiça.

De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), eles foram denunciados por homicídio cometido por motivo torpe, cruel e que dificultou a defesa da vítima.

O crime ocorreu na madrugada do dia 25 de janeiro de 2015, em uma casa no Bairro Jardim Maripá. O crime teria tido participação de um adolescente, que atirou na vítima.

O relacionamento de Silvana e Antônio seria conturbado. Segundo os autos do processo, a vítima sempre ameaçava a mulher quando estava alcoolizado.

No dia do crime Silvana ligou no celular do filho dizendo que Antônio havia chegado bêbado em casa e que estava muito agressivo. A vítima também seria usuária de drogas e agredia a mulher exigindo dinheiro para o vício.

Bruno está preso na Penitenciária Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem) em Sinop.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta