Um alimento que contém todos os nutrientes de que o bebê precisa, o leite materno tem as características necessárias para estimular o crescimento da criança, além de proteger contra diversas doenças. Porém, nem todas as mães produzem este líquido precioso em quantidade suficiente. Para suprir a necessidade dos filhos dessas mulheres, o Banco de Leite Humano (BLH) de Rondonópolis recebe doações de mães que estejam amamentando e tenham o alimento em excesso. Especialmente neste momento, o BLH passa por uma baixa em seu estoque e pede a solidariedade dessas mulheres.

“Para agravar a situação, estamos com muitos prematuros extremos internados na UTI neonatal e são esses que necessitam desse valioso alimento para sobreviver”, compartilha a gerente do Departamento de Ações Programáticas da Secretaria Municipal de Saúde, Mariúva Valentim .

Doar leite proporciona benefícios não apenas para o bebê que recebe o alimento, mas também para a mulher doadora. “À medida em que a mulher estimula a produção, a quantidade de leite aumenta”, assegura Mariúva.

Aquelas que quiserem colaborar com o aumento do estoque, podem entrar em contato pelo telefone 3410-2785 e a equipe da Secretaria de Saúde irá à casa da doadora ensiná-la a como recolher o leite. Depois de aprender o processo, sempre que retirá-lo, basta armazenar na geladeira e ligar para fazer o agendamento, que o automóvel da Pasta passa a cada três dias nas casas das mães para pegar o leite doado.

Mariúva informa, também, que, após a coleta, o alimento passa por um controle de qualidade em que é avaliado e, depois, pasteurizado, antes de ser levado ao bebê.

Fonte | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta