Vigilância Epidemiológica de Várzea Grande percebeu que não foram registrados casos significativos até novembro; número aumentou muito em dezembro.

Com suspeita de surto, Várzea Grande (MT) registra mais de 700 casos de conjuntivite em dezembro (Foto: TV Centro América)

Com suspeita de surto, Várzea Grande (MT) registra mais de 700 casos de conjuntivite em dezembro (Foto: TV Centro América)

O levantamento parcial foi feito pela Vigilância Epidemiológica de Várzea Grande. Segundo o órgão, de janeiro a novembro não foram registrados casos significativos de conjuntivite em Várzea Grande.

No entanto, somente neste mês de dezembro, são mais de 700 casos. A Vigilância Sanitária acredita que o número seja ainda maior, já que muitas pessoas não procuram atendimento médico .

“Não era esperado esse número tão alto, mas a gente está tomando algumas medidas para amenizar”, garantiu a gerente da Vigilância Epidemiológica de Várzea Grande, Relva Cristina Teixeira.

Em apenas um posto de saúde de Várzea Grande, no Centro de saúde Postão, no Centro, em média, 6 pessoas procuram atendimento por dia com os sintomas da conjuntivite.

Sintomas da conjuntivite

Os principais sintomas da conjuntivite são: olhos vermelhos; coceira; pálpebras inchadas; secreção; visão borrada; ao acordar, o paciente tem dificuldade em abrir os olhos; sentir dor nos olhos ao olhar para lugares com claridade; sensação de areia nos olhos.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta