Membros dos diversos segmentos da sociedade civil de Rondonópolis se mobilizaram nesta quinta-feira (9) para participar de duas reuniões junto com o prefeito do Município, Zé Carlos do Pátio, a secretária adjunta de Estado de relações Políticas da Casa Civil, Paola Reis, secretários municipais e representantes da Câmara de Vereadores de Rondonópolis que aconteceu no auditório do Paço Municipal. Em pauta a Caravana da Transformação que da acontece no município entre os dias 3 e 17 de dezembro, no Estádio Luthero Lopes.

Na primeira reunião foram apresentados aos presentes os encaminhamentos sobre o funcionamento da Caravana da transformação. Na sequência do encontro, a segunda reunião abordou a Caravana da Cidadania, evento que vai ocorrer entre os dias 7 e 9 de dezembro, durante a Caravana da Transformação.

Coordenador da Caravana da Transformação em Rondonópolis, o secretário Municipal de Gestão de Pessoas, Argemiro Ferreira, abriu o evento chamando os representantes de todas as esferas sociais que estavam no encontro para compor a mesa e dar sua contribuição aos preparativos para a ação.

Esta é a 11ª edição da Caravana da Transformação. A iniciativa tem como foco a oferta de cirurgias oftalmológicas de catarata, pterígio e yag laser à população. Zé Carlos do Pátio falou do seu contentamento ao receber a ação no município e ressaltou que ela acontece no mês de aniversário de Rondonópolis. “É um presente de aniversário que o governo do Estado está dando para a população rondonopolitana. E a nossa cidade recebe essas ações com um diferencial, já que, geralmente, a Caravana da Transformação fica em um município em torno de, até, 11 dias. Em Rondonópolis ela irá permanecer por 15 dias”, comemorou.

Segundo Paola Reis, o período de permanência maior das ações na cidade deve-se tamanho da população, já que o município contabiliza hoje, aproximadamente, 220 mil habitantes. “A caravana vai tirar da cegueira e devolver a vida aos cidadãos que forem contemplados pelos serviços ofertados. A cirurgia de catarata destina-se a pessoas acima de 55 anos e a de pterígio é para aqueles que estejam no segundo grau da doença e tenham, em média, a partir de 30 anos”, detalhou.

Entre os serviços ofertados à população por meio da Caravana da Cidadania estão confecção de RG, CPF, certidões de nascimento, casamento e óbito e carteira de trabalho. O coordenador da Caravana da Cidadania, Juliano Reis, ressaltou que o estado em parceria com a Prefeitura Municipal, ao ofertar esses serviços e proporcionar a obtenção da devida documentação à população está dando às pessoas dignidade e proporcionando a oportunidade de exercerem seus direitos na sociedade.

Ainda marcaram presença no encontro lideranças do empresariado local, de clubes de serviço, associações de bairros, do setor de segurança, do Ciretran, do Conselho da Mulher, da Associação de transportes e de entidades religiosas.

Foto | Wheverton Barros
Fonte | Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *