Alvinegro briga por vaga na Libertadores, enquanto Tricolor tenta superar eliminação na Sul-Americana e se afastar do Z-4

No último clássico carioca de 2017, Botafogo e Fluminense jogam neste sábado, às 19h (de Brasília), no Nilton Santos. Os objetivos são diferentes, mas a partida é igualmente importante para os dois times. A sete rodadas do fim do Brasileiro, é fundamental somar pontos.

Em 6º lugar, com 48 pontos, o Botafogo tem como objetivo voltar à Libertadores, de preferência na fase de grupos. Para isso precisa terminar entre os quatro primeiros para não depender de ninguém.

O Fluminense, por sua vez, quer curar a ressaca da eliminação para o Flamengo na Sul-Americana. Em 14º, com 39 pontos, o Tricolor precisa vencer para se distanciar da zona de rebaixamento e ter um fim de ano sem sustos. No momento, a diferença para o Z-4 é de quatro pontos.

Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Luiz Carlos Jr e Lédio Carmona)

Provável Escalação

Botafogo – técnico Jair Ventura

Se por um lado perdeu João Paulo pelo terceiro amarelo, por outro o Botafogo terá os retornos de Rodrigo Lindoso e Marcos Vinícius, que voltam após suspensão. Bem no empate contra o Atlético-MG, Matheus Fernandes será mantido na equipe.

  • Quem está fora: Roger (recupera-se da retirada de um tumor no rim), Airton (transição), Marcinho (transição), Leandrinho (ligamentos do joelho) e João Paulo (suspenso)
  • Pendurados: Gatito, Pimpão, Igor Rabello, Emerson Santos e Jefferson

 

Fluminense – técnico Abel Braga

Sem Reginaldo, a zaga do Flu deverá ser formada por Gum e Renato Chaves, autor de dois gols na partida contra o Fla pela Sul-Americana. Voltando de lesão, Henrique estará novamente à disposição de Abel, assimmas segue no banco. Marcos Junior, que deixou o Fla-Flu após sentir uma fisgada na coxa, treinou normalmente, e o Tricolor vai com o que tem de melhor disponível.

  • Quem está fora: Reginaldo (suspenso), Robinho (fissura no pé), Renato (lesão muscular), Luiz Fernando e Marquinhos Calazans (cirurgia no joelho).
  • Pendurados: Marlon Freitas, Henrique Dourado, Orejuela, Renato Chaves e Marlon.

Arbitragem

Luis Flávio de Oliveira (SP) apita o jogo, auxiliado por Danilo Manis (SP) e Miguel da Costa (SP)

 

Fonte | GE

Foto | Infoesporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *