Um homem de 34 anos, suspeito de ter estuprado uma travesti deficiente física, foi preso pela Polícia Civil nesta quarta (25) em Alto Taquari (a 509 km de Cuiabá). A vítima usa muletas por causa dos problemas de locomoção e os objetos chegaram a ser utilizados para agredi-la na ocasião do crime.

Juarez de Jesus dos Santos, conhecido como “Cheba” na região, está detido na delegacia da cidade aguardando a audiência de custódia, que definirá onde ele ficará preso. A ordem da prisão foi deferida pela Justiça ontem e cumprida no mesmo dia.

O crime contra a travesti, identificada como “Paloma”, aconteceu na madrugada do dia 12. De acordo com a polícia, na ocasião, a vítima foi abordada de forma agressiva por um homem que a obrigou a manter relações sexuais. Além de agredir a vítima com as muletas que usava para se locomover, o suspeito ainda arrancou os cabelos, desferiu socos, pauladas e tijoladas.

Na última sexta (20), a Polícia Civil de Alto Taquari registrou outro boletim de ocorrência de lesão corporal, ocorrido no dia 13, em um bar da cidade. Durante investigação, os policiais juntaram indícios que associavam os dois delitos, estupro e lesão corporal, cometidos pela mesma pessoa.

Após diligências, os investigadores conseguiram identificar Cheba como o autor dos crimes. Ele estava hospedado em um hotel da cidade e trabalhava em uma empresa de colheita de cana. Diante das suspeitas, ele passou a ser monitorado pelos policiais, até que o mandado de prisão fosse expedido. Ele responderá pelos crimes de estupro e lesão corporal grave. (Com Assessoria)

Fonte | RDNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *