Nos Estados Unidos, duas pessoas foram mortas a tiros no campus da Universidade Estadual de Grambling, na Louisiana, nesta quarta-feira. De acordo com as autoridades, o responsável pelo ataque fugiu logo após cometer o ataque. Investigações preliminares apontam que o suspeito não era estudante da unidade.

As vítimas foram identificadas como Earl Andrews e Monquiarious Caldwell – apenas o primeiro era estudante da universidade. Ambos tinham 23 anos e eram de Farmerville, Lousiana. Segundo Stephen Williams, porta-voz do departamento de polícia de Lincoln Parish, os disparos ocorreram após uma confusão em um dormitório do campus. Os jovens foram atingidos em um pátio externo e morreram no local.

“Essa é uma tragédia horrível”, declarou a jornalistas o diretor de comunicação da universidade, Will Sutton, ao anunciar que o centro colabora com as investigações. “Não há espaço para a violência em nosso campus. Sempre encorajamos nossos estudantes a manter a atenção, ter cuidado com quem se relacionam e ver a todo o momento quem está ao redor”, acrescentou.

A Universidade Estadual de Grambling conta com cerca de 5.000 estudantes, negros em sua ampla maioria. De acordo com Sutton, outra confusão, em setembro, terminou com um estudante sendo baleado com um tiro no braço. Ninguém foi preso no incidente. O campus da Universidade permanece aberto, mas os alunos foram aconselhados a não frequentarem o espaço e a ficarem atentos. Uma estudante advertiu no Facebook: “o suspeito ainda está à solta e armado”.

 

Fonte | Veja.com – 25/10/2017

Foto | © Divulgação Grambling State University

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *