Apesar da lotação máxima, atualmente, não há fila de espera de pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 ocupados. Conforme a Prefeitura, a cidade possui 10 leitos excluivos para o tratamento da doença e todos estão lotados.

A SES-MT ainda não se posicionou quanto ao pedido da prefeitura.

No entanto, a Prefeitura do município protocolou um pedido de ajuda, nesta terça-feira (12), na Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) para a abertura de novos leitos exclusivos.

Os 10 leitos de UTI são mantidos com recursos próprios para atender apenas moradores da cidade. Segundo a prefeitura, é preciso ampliar a rede para atender a demanda.

Apesar da lotação máxima, atualmente, não há fila de espera de pacientesno município.

Vacinação incompleta

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis, dos 10 pacientes internados na UTI, todos estão com o calendário vacinal incompleto ou não tomaram nenhuma dose das vacinas disponíveis.

Em Rondonópolis já foram aplicadas 499.722 doses da vacina contra a Covid-19.

Com a primeira dose foram vacinadas 94% da população e 83% com a segunda dose. Em relação às doses de reforço, mais da metade das pessoas ainda não tomaram o imunizante.

No Boletim Epidemiológico divulgado pela secretaria na noite dessa segunda-feira (11), há 3.048 casos ativos de Covid-19 em Rondonópolis.

Desde o início da pandemia, já foram contabilizados 47.910 casos positivos e 981 pessoas morreram pela doença.

Via | G1   Foto | Christiano Antonucci
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta