Após concluir a transferência de pacientes que estavam internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal Antônio dos Santos Muniz (Hospital de Retaguarda), a Secretaria Municipal de Saúde reativou os 10 leitos disponíveis na unidade para atender exclusivamente pacientes com Covid-19. Assim, a partir desta segunda-feira (11), o hospital passa a receber pacientes residentes em Rondonópolis que necessitem de UTI em decorrência da Covid-19.

Os leitos foram reativados em função do aumento das internações pela Covid-19 em Rondonópolis. A Saúde havia desativado os 10 leitos de UTI para receber esses pacientes no final do ano passado, após queda no número de infectados pela Covid-19 e redução significativa na quantidade de internações em decorrência da doença.

O Hospital de Retaguarda também reativou há duas semanas os atendimentos exclusivos para pacientes com sintomas gripais e de Covid-19, com a realização da testagem para pessoas que apresentam sintomas da doença há, pelo menos, três dias. O hospital funcionada todos os dias, com atendimento 24 horas.

O boletim epidemiológico da Covid-19 divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde neste domingo (10), aponta que há sete pacientes internados na UTI do Hospital de Retaguarda, sendo cinco residentes em Rondonópolis, um residente em Dom Aquino e outro morador de Várzea Grande.

Até este domingo, 19 pacientes estavam internados em hospitais da rede pública de saúde em Rondonópolis. Havia ainda 2.855 pessoas em isolamento domiciliar.

Via | Danielly Tonin  Foto | Arquivo
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta