Uma mulher foi presa suspeita de atuar como ‘isca’ para atrair motoristas, sequestrá-los, e roubar as cargas dos caminhões que eles dirigiam na baixada cuiabana. A prisão foi nessa quinta-feira (7).

Considerada foragida da Justiça, a suspeita tem condenação por roubo de carga e estava com o mandado de prisão expedido pela 5ª Vara Criminal de Várzea Grande por descumprimento de medidas impostas pela Justiça.

A suspeita, apontada como integrante de uma organização criminosa, é conhecida da polícia pelas passagens criminais, sendo alvo de várias investigações em andamento que apontam a participação dela em crimes de roubo de carga.

Segundo as investigações da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil, além de atuar como liderança do grupo, organizando a parte logística dos roubos, a suspeita também atuava como ‘isca’ para os caminhoneiros, nas rodovias onde o grupo atuava.

Entre os crimes cometidos, ela teve participação no roubo de uma carga de bebidas, ocorrido no ano de 2018 no município de Comodoro, sendo condenada junto aos demais coautores a seis anos de reclusão em regime fechado pela prática do crime.

O delegado da GCCO destacou que mesmo com a condenação, a suspeita continuava na atividade criminosa atuando em roubos de carga com restrição de liberdade das vítimas.

Via | G1   Foto | PJCMT
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta