O Centro de Equoterapia retomou as atividades nesta segunda-feira (4) na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá. O atendimento gratuito é voltado para deficientes com condições de vulnerabilidade socioeconômica. Segundo a instituição, a maioria dos atendidos é crianças com deficiência.

De acordo com a UFMT, a equoterapia é um método de reabilitação em que se utiliza o cavalo numa abordagem interdisciplinar para auxiliar no desenvolvimento psicológico e social dos deficientes.

Atualmente, o centro atende 15 pessoas, sendo a maioria crianças com algum tipo de deficiência, como Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), paralisia cerebral, microcefalia, síndrome de down, entre outros.

O atendimento acontece na segunda, quarta e sexta-feira durante o período da manhã.

A retomada do serviço à população acontece após dois anos de interrupção devido às restrições das medidas sanitárias da pandemia de Covid-19. Apesar de um relativo aumento no número de casos no final de junho, o cenário epidemiológico segue estável em razão da campanha de vacinação.

O centro é composto por estudantes da área de serviço social, veterinária, pedagogia, psicologia, agronomia, zootecnia e educação física, além de estudantes de fisioterapia em parceria com uma instituição privada.

Via | G1   Foto | Divulgação
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta