A indústria frigorífica conseguiu a permanência do percentual de benefício fiscal do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic) no submódulo indústria alimentícia de origem animal e vegetal para carne e miudezas comestíveis bovinas.

A medida que está em vigor desde 1º de outubro de 2021, com validade de seis meses, venceu em abril, mas com o novo acordo, foi prorrogada até outubro deste ano, com efeito retroativo a partir de maio.

A decisão foi aprovada, pelo Conselho Deliberativo dos Programas de Desenvolvimento de Mato Grosso (CONDEPRODEMAT), no dia 29 de junho.

De acordo com Paulo Bellincanta, presidente do Sindicato das Indústrias Frigoríficas de Mato Grosso (SINDIFRIGO MT), explica que, a entidade teve a oportunidade de abrir as planilhas de custo das indústrias frigoríficas junto ao Governo de Mato Grosso, e as secretarias, além da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), na qual todos os envolvidos se preocuparam com a consequência de um possível processo de desemprego que poderia ocorrer com fechamento de empresas.

“A indústria espremida entre o preço alto de sua matéria prima e um mercado que não consegue consumir seu produto. A arroba tem hoje um custo muito alto para ser produzida e a consequência disto é um preço do quilo de carne é extremamente elevado para o consumidor final”, pontua Bellincanta.

O empresário acrescenta que, “a redução do consumo da carne vermelha e seu alto preço não são segredos nenhum, pelo contrário, tem sido matéria de artigos e reportagens da imprensa. Na concorrência natural do mercado as indústrias enfrentam diferenças entre si ao atingirem mercados diversos e entre legislações estaduais diferentes. A vitória da indústria, ainda que temporária, significa muito para a vida das empresas, o emprego e um alívio nos altos preços do produto final”.

Bellincata finaliza enaltecendo o entendimento dos conselheiros do CONDEPRODEMAT, da Assembleia Legislativa e do Governo do Estado pela causa que vai além do econômico o social.

Via | Assessoria   Foto |

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta