O prefeito José Carlos do Pátio assinou, na tarde desta segunda-feira (20), um convênio com a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) para oferta em Rondonópolis de mais dois cursos: Licenciaturas em Pedagogia e de Química. Com isso,  os cursos ofertados na cidade, com o apoio da Prefeitura, chega a 12 cursos superiores.

O ato de assinatura aconteceu durante coletiva de imprensa realizada no gabinete do gestor municipal no Palácio da Cidadania e foi acompanhado pelo presidente da Câmara de Vereadores, Roni Magnani, a secretária municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Neiva de Cól, e o professor do curso de Computação da Unemat em Alto Araguaia e Rondonópolis, Max Robert Marinho.

Para os dois cursos, estão previstas 50 vagas cada. O vestibular, que deve ter a data definida para inscrições e realização da prova ainda esta semana, será regionalizado e presencial. “Estou lançando hoje mais dois cursos da Unemat aqui. O curso de Licenciatura em Química, pois falta muitos professores desta disciplina na cidade. E o curso de Licenciatura em Pedagogia, pois só agora vamos concurso público à rede municipal, onde vamos chamar uma média de 600 professores, pois estamos construindo 28 creches e escolas”, justificou o prefeito.

José Carlos do Pátio lembrou os altos investimentos realizados pelo município para custear os 12 cursos da Unemat na cidade e a construção do campus  universitário para receber a instituição de ensino superior. “Já limpamos a área e estamos urbanizando e dentro de poucos dias estaremos transferindo os alunos da Unemat para este campus”, disse o prefeito.

Durante o ato de assinatura, o prefeito fez questão de externalizar a sua indignação com o descaso com Rondonópolis demonstrado pela reitoria e a Assembleia Legislativa, que até o momento não sinalizaram a instalação de um campus na cidade.

“Lamentavelmente, a Assembleia Legislativa, os deputados estaduais aprovaram a criação do campus universitário de Diamantino. Ótimo, mas ainda não aprovaram o de Rondonópolis. Por que ainda não aprovaram o de Rondonópolis, depois de tanto investimento, tanto apoio…nunca um prefeito construiu um campus como nós construímos. É triste falar isso, onde estão os nossos deputados, a reitoria que deveriam olhar para nós?”, questionou indignado Pátio.

O prefeito explicou que os investimentos feitos na construção do campus universitário na área do antigo aeroporto são no sentindo de transformar Rondonópolis numa referência educacional. “O município não vai se furtar de seguir neste propósito. Não vamos parar de investir”, disse, acrescentando que fora o apoio financeiro para custear cursos o município também irá construir uma área de lazer e esportes no entorno do campus estimada em mais de R$ 5 milhões.

Diante do descaso demonstrado pela Unemat, o prefeito anunciou que decidiu que não irá mais transferir os campus para a instituição. “Não vamos entregar mais para Unemat, o campus vai ser municipal. Já conversamos e vamos colocar uma equipe minha para ir andar Mineiros, Rio Verde… pois lá tem Medicina, pra gente começar a discutir trazer este curso para cá. Como o compus é de Rondonópolis a gente pode fazer um termo de concessão de uso”, comentou.

Via | Assessoria   Foto | Felipe Godoi
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta