XI Semana Jurídica da Faculdade de Direito da UFMT teve apoio do CIEE e enfatizou a importância de unir teoria e prática na vida profissional

Estudantes universitários frequentam as salas de aula buscando conhecimento para exercer suas futuras profissões e, na maioria das vezes, encontram certa dificuldade em colocar teoria em prática e ingressar no mercado de trabalho. Para Yuri da Cunha Silva Machado, estudante de Direito da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e presidente do Centro Acadêmico de Direito VII de Abril, o foco é estudar e acumular conhecimento.

“Muitas vezes sentimos dificuldade em aplicar este conhecimento na prática, sabemos que a advocacia e o ramo dos concursos são muito promissores e, por isso, o CIEE é essencial para intermediar os dois elos”, afirma. O universitário está coordenando junto com a equipe do Centro Acadêmico a XI Semana Jurídica da Faculdade de Direito da UFMT, que é apoiada pelo Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE.

O coordenador do curso de Direito da UFMT, Carlos Eduardo Silva e Souza, classifica o apoio da instituição filantrópica como importantíssimo. “O estágio é uma forma de exercitar o ensino jurídico e de aprender sem descuidar do conhecimento. O apoio do CIEE está sendo fundamental para os alunos aqui também, nesta semana jurídica”.

Em Mato Grosso, são mais de 2.300 estagiários de Direito ativos, segundo o superintendente Institucional do CIEE, Ricardo Melantonio, que esteve presente na abertura do evento nesta terça-feira, 17/05. “Viemos reforçar que o objetivo do CIEE é exatamente aproximar a educação do trabalho, este é o binômio para quem deseja estar no mundo do trabalho. É importante que os alunos tenham consciência disto e acredito que os que estão neste evento têm, pois percebo que estão buscando realização pessoal e profissional”.

Observar se o órgão ou empresa atende todas as obrigações legais para a contratação de estagiários também é importante na hora de iniciar em uma vaga. A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT), Gisela Cardoso, disse que a instituição incentiva e fortalece ações seguras para os estudantes. “É importante proporcionar condições de estágio para que os universitários possam realmente se preparar para o mercado de trabalho em locais preparados para contribuir para a sua formação”, enfatizou.

Via | Assessoria  Foto | Luiz Carlos Sayão/UFMT
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta