A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio da Escola de Saúde Pública (ESP-MT), lança o Edital de Seleção do Curso de Especialização em Hansenologia, cujo objetivo é formar profissionais médicos especialistas em Hansenologia.

Essa é a primeira capacitação prevista no Termo de Cooperação Técnica para a realização do Curso de Especialização em Hansenologia, assinado este ano entre a SES-MT e a Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH).

A inscrição poderá ser feita até o dia 24 de maio por meio deste link. Para essa primeira turma, são ofertadas 20 vagas destinadas aos médicos com especializações apontadas no edital e que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS) nas redes municipais, estadual e federal de Saúde pública.

Para a diretora da ESP-MT, Silvia Tomaz, a medida é importante para o Estado de Mato Grosso, que é considerado hiperendêmico para a hanseníase e ocupa a 1ª posição no país com o maior número de casos da doença.

De acordo com as áreas técnicas da SES, o SUS precisa de 60 médicos com essa formação acadêmica para atuar no diagnóstico e reabilitação da hanseníase em Mato Grosso.

“Essa parceria ocorre em um momento em que a Escola de Saúde Pública retoma suas ações educacionais de especializações após a pandemia, com o objetivo de formar e qualificar os médicos para atender essa demanda” explicou Silvia.

A ação engloba, de forma conjunta, o Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Corrêa (Cridac), o Centro Estadual de Referência em Média e Alta Complexidade (Cermac) e o Laboratório Central do Estado (Lacen) sob o acompanhamento das áreas técnicas da Coordenadoria de Atenção às Doenças Crônicas e Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta