Profissionais da enfermagem de Mato Grosso estão em Brasília nesta quarta-feira (4) para lutar pela aprovação do projeto de lei 2564/2020, que garante o piso da enfermagem. O projeto irá entrar em votação na sessão de hoje. Trabalhadores de todo o país se mobilizam na Câmara dos Deputados para cobrar a aprovação da proposta.

Luta da categoria há mais de 20 anos, o piso da enfermagem é a garantia da valorização dos profissionais de enfermagem. Estudos realizados pela Câmara Federal mostram que o piso da enfermagem causará o aumento de 2,02% para os contratantes.

“A maior categoria da saúde não tem um piso salarial. Por isso, é muito comum vermos seletivos e concursos em que os profissionais da enfermagem recebem apenas um salário mínimo. Isso precisa mudar”, afirma a presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren-MT), Lígia Arfeli.

Com a aprovação da PL 2564/2020, enfermeiros passarão a receber, no mínimo, R$ 4.750. Já para os técnicos de enfermagem o salário será de R$ 3.325 e para auxiliares e parteiras de R$ 2.375.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta